Com validade jurídica, carimbo de tempo e garantia de entrega, Envio Seguro, promete economia média de 50% em relação ao uso de cartas simples dos Correios.

A Cleartech, líder brasileira de serviços de BPO (Business Process Outsourcing) envolvendo tratamento e análise de registros de detalhes de chamadas (CDR), está ampliando seu portfólio de soluções de comunicação. A companhia lançará o Envio Seguro, serviço de entrega de grandes volumes de correspondência por via eletrônica.

De acordo com o diretor comercial da Cleartech, Thiago da Silva Santos, o novo serviço atende à tendência de substituição das correspondências de papel pelo meio eletrônico. “Com o serviço, passamos a dar condição técnica para que empresas que trabalhem com grandes volumes de correspondências possam envia-las com validade jurídica, confirmação de entrega e carimbo do tempo atestado pelo Laboratório Nacional de Data e Hora”, explica.

Na prática, o serviço oferece as mesmas características que uma carta registrada enviada pelos Correios, só que por menos da metade do preço de uma carta simples. Santos explica que a economia média, em relação ao uso de papel, é de 50%, podendo chegar a 70% em alguns casos. “A média de custo de envio de uma cobrança como carta simples, por exemplo, é de R$ 2 por correspondência. Em formato eletrônico, o valor cai para menos da metade”, compara, lembrando que, para dar ao formato eletrônico a mesma validade jurídica do formato impresso, o Envio Seguro conta com assinatura eletrônica, criptografia, carimbo do tempo e garantia de entrega.

Santos ressalta que, no Brasil, o mercado de grandes volumes de correspondência movimenta cerca de R$ 3 bilhões anualmente. O serviço tem como foco empresas de médio e grande porte que trabalhem com grandes volumes de correspondência, como bancos, operadoras de telecomunicações, empresas de utilities e companhias de cobrança, entre outras.

O executivo explica que o serviço será oferecido sob demanda, a partir de uma quantidade mínima de 5 mil correspondências por envio e que não há a necessidade de qualquer investimento por parte dos clientes. “Utilizamos o mesmo arquivo que as empresas enviam às gráficas, pedindo apenas a inclusão do e-mail do destinatário”, explica.

Santos afirma que os pilotos já realizados pela Cleartech demonstram taxas de entrega de 94%. Além disso, o serviço pode ser integrado ao envio de SMS ao cliente, confirmando a entrega ou fornecendo uma senha para que ele abra a fatura de seu cartão de crédito ou o resultado de um exame.

Transformação

De acordo com Santos, as tecnologias utilizadas para o desenvolvimento do Envio Seguro já são consolidadas. “O serviço pôde ser lançado agora por dois motivos: o poder Judiciário passou a aceitar o formato eletrônico e os usuários estão cada vez mais conectados à internet. Por isso estamos entrando agora neste mercado”, diz. A expectativa do executivo é que, já no primeiro ano de operação, o Envio Seguro alavanque as vendas da Cleartech em 20% e tenha seu uso multiplicado 10 vezes.

Sobre a Cleartech

A Cleartech atua no mercado de telecomunicações com soluções e software de alta qualidade, tanto no desenvolvimento quanto no modelo ASP, com destaque para a robustez, grandeza, complexidade e desafios à solução de portabilidade numérica brasileira. É a líder brasileira na prestação de serviços no modelo BPO (Business Process Outsourcing) que envolvem tratamento e análise de CDR (Registro de Detalhes da Chamada). É também uma das maiores do mundo em volume e capacidade de processamento neste setor. A Cleartech utiliza todo seu know-how, obtido em mais de dezesseis anos de experiência com software da cadeia de receita de operadoras de telecomunicações, no aprimoramento de processos e principalmente na identificação e validação de cenários de faturamento.

Compartilhar